31 agosto, 2005

Placa número cinqüenta


E a maior parte dos acidentes deve ter sido com quem tentou ler a placa!

Placa número quarenta e nove


É aqui que o dominó corre. Provavelmente do camelô fugido do camelódromo!

Placa número quarenta e oito


Nem pense em ter uma pane nos próximos 174 km!

Placa número quarenta e sete


Será que em Portugal já se adotou o Inglês como língua oficial?

Placa número quarenta e seis


O risco é seu e de quem mais tiver saído de casa...

Placa número quarenta e cinco


Negócios casados: O dono do hospital também é dono da pista de esqui!

Placa número quarenta e quatro


Dããã! E quando o sol está quente a pista fica seca? Fenômeno!

Placa número quarenta e três


E mais uma vez o mundo se curva perante a tecnologia brasileira!

Placa número quarenta e dois


Aqui está a origem da guerra no Iraque!

Placa número quarenta e um


Agora, depois da correção, entendi tudo!

Placa número quarenta


Mas eu não quero aprender a bater...

Placa número trinta e nove


Mantenha a DIREITA! A direita é à esquerda. Sei lá...

Placa número trinta e oito


A Igreja é sempre ciumenta. Ela é que quer matar a todos...

Placa número trinta e sete


Esta vale pelo oportunismo do fotógrafo! Linda!

Placa número trinta e seis


Bela combinação! Será que quem se casa é louco?

Placa número trinta e cinco


Já estão proibindo até o "sono eterno"...

Pé na cova


Pois é. Um belo local pra farofada e já estão me cortando o barato...

Placa número trinta e três


E será que a "Hooker" (puta) morreu de acidente de trabalho ou de cansaço?

Placa número trinta e dois


Motel Miragem! Pra quem PENSA que ainda consegue...
(Placa de "Brasil das placas")

Placa número trinta e um


Esta também é bastante objetiva!

Placa número trinta


É a tal inscrição auto-explicativa! Que concisão!

Placa número vinte e nove


Mão única pra dentro do cemitério? Até que faz sentido!

Placa número vinte e oito


Mas deve ter sido uma flor de sogra!

Placa número vinte e sete


Cuidado com a carteira, com o relógio e com tudo que não estiver pregado no chão...

Placa número vinte e seis


E só o nome do Ricardo aparece...

Placa número vinte e cinco


Pois é... Foi mexer com força e pegar fio pelado...

Placa número vinte e quatro


Mas alguém duvida que Porfírio viveu bem?

Placa número vinte e três


E com que alegria a mando!

Placa número vinte e dois


Mães desnaturadas! Rejeitando o próprio filho!

Placa número vinte e um


Ah, bom! Tem strufts! Isso compensa tudo!
(Placa de "Brasil das placas")

24 agosto, 2005

Placa número vinte


Eu não mereço isso em volume algum!

Placa número dezenove


Pode dexá. Eu fexo!

Placa número dezoito


Os infratores serão punidos com o dicionário do seu Creysson!

Placa número dezessete


É a suprema rejeição. Notou o fusquinha atropelando a Renata?

Placa número dezesseis


Faltou dizer: "Cozinheira que durma no emprego"...
(Placa de "Brasil das placas")

A carne é fraca


Mas eu queria carne de outro bicho. Talvez, lua!
(Placa de "Brasil das placas")

Placa número quatorze


Pelo amor de Deus! Qualquer coisa já ajuda...
(Placa de "Brasil das placas")

Placa número treze


Estou indo! Nos encontramos na festa?
(Placa de "Brasil das placas")

Placa número doze


Edivar deve ser o verdadeiro nome do Baby da Silva Sauro! Dinovo!
(Placa de "Brasil das placas")

Placa número onze


Ui, como dói! Ainda bem que a drogaria é perto...
(Placa de Brasil das placas)